Entenda o que é termografia e como esse tipo de exame é realizado

Entender o que é termografia é saber o quanto a medicina está avançando em termos tecnológicos. Ela se refere a uma técnica inovadora de diagnóstico por imagem digital, que está revolucionando o modo identificar para tratar diversas alterações na saúde.

 

O termo termografia remete à medição de calor de objetos. Esse processo foi originalmente desenvolvido para fins militares, bem como para investigação de materiais na indústria. Aos poucos, tornou-se um método reconhecido na medicina para a detecção ou diagnóstico precoce de doenças.

 

Neste artigo, vamos explicar o conceito de termografia, para que serve, como esse exame é realizado e outros aspectos relevantes sobre o assunto. Saiba mais!

 

O que é termografia?

 

A Termografia Clínica ou Cutânea, como também é conhecida, se refere a uma técnica que utiliza registro gráfico das temperaturas de diversas regiões do corpo por meio de identificação da radiação infravermelha que ele emite. Com a captação dessas emissões é que se formam os termogramas, imagens técnicas que permitem a visualização da distribuição do calor da superfície que está sendo avaliada.

 

Isso é conseguido devido à energia originada com a atividade metabólica e microvascular do organismo, irradiada através da pele e capturada por câmera muito sensível, com lentes especiais e tecnologia avançada que conta com uma capacidade de processamento agilizado.

 

Como funciona o exame?

 

Várias doenças provocam mudanças de temperatura nas partes afetadas do organismo. Exemplo disso, são as inflamações que emitem calor, cujo excesso é liberado por meio do sistema vascular da pele. Assim, com base em uma imagem térmica da pele, é possível chegar a conclusões sobre possíveis doenças de órgãos subjacentes.

 

A termografia infravermelha se fundamenta no conceito que estabelece que todos os corpos emitem energia na forma de ondas eletromagnéticas (raios infravermelhos). As pessoas também irradiam raios que podem ajudar a identificar a temperatura da superfície da pele. Esse sistema cria uma imagem térmica bidimensional, que é visualizada no monitor em cores falsas:

  • cores brilhantes (laranja, rosa, amarelo e vermelho) — indicam áreas quentes do corpo, informando que a circulação sanguínea nessas áreas é muito alta;
  • cores escuras (azul, azul-escuro, roxo, verde-escuro e preto) — tornam visíveis as áreas menos vascularizadas de uma região do corpo avaliada. Com a termografia por infravermelho, a temperatura pode ser medida em qualquer lugar do organismo.

 

Quando a termografia é indicada?

 

Na medicina, a utilização de câmeras com infravermelho está cada vez mais presente em novas áreas, crescendo de acordo com as descobertas sobre como a temperatura se comporta em relação à fisiopatologia humana. Dessa forma, a termografia clínica se estabelece gradualmente como uma ferramenta de grande utilidade para o diagnóstico, que ajuda no tratamento de diferentes problemas de saúde.

 

A técnica de termografia já foi utilizada com sucesso na detecção de febre e na contenção de epidemias. Ela revela, principalmente, o estado funcional do organismo, o que nenhum outro exame consegue verificar.

 

Além disso, proporciona resultados que impressionam na prevenção de lesões em atletas. São inúmeras as indicações de termografia, especialmente, para os casos de suspeita de patologias que podem contribuir para o aumento da vascularização. A seguir, conheça outras aplicações.

 

Prevenção de câncer sem radiação prejudicial

 

A termografia infravermelha é utilizada também para a detecção precoce do câncer. Especialmente em testes de câncer de mama, ela é considerada uma forma não invasiva, em contraposição à mamografia, que faz uso de raios-X para identificar alterações anatômicas na mama.

 

Com essa tecnologia, é possível detectar o câncer de mama muito cedo, mesmo antes de ele se tornar um nódulo, e sem riscos para a saúde, já que não emite nenhum tipo de radiação, nem mesmo toca a pele da paciente. Nos casos em que o nódulo já se faz presente, a termografia por si só não é suficiente.

 

Isso porque o tamanho exato e a estrutura do tecido doente só podem ser estabelecidos com a ajuda de uma mamografia ou uma ressonância magnética, técnicas que proporcionam uma imagem tridimensional. Já a termografia se limita à representação bidimensional de cores.

Identificação de pontos de dor

 

A termografia é uma grande aliada para identificar pontos específicos. No esporte, por exemplo, tal prática se baseia na grande sensibilidade do exame em detectar afecções osteomusculares que causam muitas dores.

Outras aplicações

 

Além das aplicações já citadas, a termografia é utilizada em diversas áreas, como:

  • acupuntura;
  • cardiologia;
  • dermatologia;
  • medicina forense;
  • neurologia;
  • ozonioterapia;
  • ortopedia;
  • reumatologia;
  • veterinária, entre outras.

 

A termografia também possibilita inúmeras aplicações em medicina, como por exemplo, a avaliação da performance de atletas e de territórios de nervos, indicando a presença de neuropatias periféricas e fazendo o diagnóstico diferencial entre a origem central ou periférica da dor.

Como o exame de termografia é realizado?

 

Para a termografia é utilizado um detector de infravermelho, também chamado câmera termográfica, equipamento que recebe a radiação infravermelha. É necessário ainda de um processador de sinal e de um monitor para visualização da distribuição de temperatura sobre a área a ser medida da pele. As imagens para a termografia podem ser captadas por um técnico ou médico. Contudo, já existem equipamentos automatizados que eliminam a necessidade da presença de outra pessoa na sala de exame.

 

O exame demora entre 20 e 30 minutos para ser efetuado. Para se submeter a ele, a pessoa a ser examinada deve se preparar alguns dias antes e na data da realização, precisa chegar com antecedência para a climatização na sala, onde o exame será conduzido. Para a obtenção de imagens de infravermelho padronizadas, o paciente deve ficar em um ambiente com controle de temperatura local em 23º C e umidade relativa menor que 60%.

 

A área examinada precisa permanecer descoberta por um período de 10 a 15 minutos, de modo a garantir a estabilização térmica do paciente. Em seguida, as imagens podem ser coletadas para análise. São captadas, aproximadamente, 50 imagens de cada paciente, posteriormente, tratadas em um software específico. Após esse tratamento, elas podem ser analisadas por um médico especialista. O resultado é um laudo detalhado de corpo inteiro ou apenas a parte do corpo escolhida para ser avaliada.

Características térmicas

 

A termografia não é realizada somente com fotografias. É possível fazer vídeos e avaliar as mudanças nas características térmicas em diferentes situações, como, por exemplo, em atletas. Após a realização do exame, o médico solicitante consegue direcionar com exatidão sua pesquisa e antecipar diagnósticos, como em casos de câncer de mama. O exame não emite radiações, sendo considerado absolutamente seguro ao paciente e muito fácil de usar.

Quais são os benefícios da termografia?

 

A termografia é o único tipo de exame que revela pontos de meridianos, e, por isso, é muito útil para acupunturistas, que podem utilizar a câmera para uma aplicação termoguiada em casos de dores na coluna. Também é uma maneira de medir a gordura marrom em humanos, ajudando no entendimento do metabolismo, da obesidade, bem como dos distúrbios endocrinológicos. Além disso, o método apresenta os seguintes benefícios:

  • indolor;
  • não invasivo;
  • possibilita diagnóstico precoce;
  • processo 100% seguro;
  • sem radiação.

 

Como vimos, saber o que é termografia é importante para buscar novos caminhos para uma vida com mais saúde. Essa é uma técnica que se relaciona diretamente com a saúde integrativa e deve ser realizada em uma clínica com boa reputação como a Integrative, que oferece profissionais capacitados e equipamentos de última geração.

 

Se você achou esse conteúdo útil, aproveite para descobrir o que a termografia pode proporcionar à sua saúde.

Tire suas dúvidas pelo Whatsapp

close-link
Olá! Tire suas dúvidas pelo WhatsApp!