Perigos do sedentarismo: por que se livrar dele agora mesmo?

A prática de atividades físicas e a manutenção de uma rotina que englobe diversas interações sociais fazem com que o ser humano tenha mais bem-estar e fique com a saúde em dia. Tanto é que muita gente é vítima dos perigos do sedentarismo justamente por se acomodar, ficando muito tempo em casa, com o corpo parado e sem uma alimentação balanceada.

Com o objetivo de ajudá-lo a viver melhor e com mais qualidade, vamos mostrar algumas dicas que certamente serão muito úteis para você sair da zona de conforto e alcançar suas metas, principalmente aquelas que resultarão em inúmeros benefícios à sua autoestima, disposição e motivação. Confira!

Quais são os perigos do sedentarismo?

Você já ouviu falar na frase popular que diz que quem para padece? Esses dizeres fazem muito sentido quando o assunto é sedentarismo. Isso porque o nosso corpo pode ser comparado a uma máquina, ou seja, sempre necessita de exercícios tanto voltados ao corpo quanto à mente para se manter em boas condições.

Sendo assim, quem fica muito tempo sem se movimentar acaba abrindo espaço para inúmeros males, como problemas cardiovasculares, obesidade, depressão, ansiedade, fraqueza, indisposição ou até dores diversas, como na coluna e nas articulações.

Por isso, a prática de atividades físicas é fundamental, assim como a participação em eventos sociais, a aprendizagem de novas coisas e a busca pelo autoconhecimento. Enfim, é preciso sair da zona do conforto e ocupar com qualidade o tempo disponível.

Afinal, o tempo não para e representa a nossa vida. Portanto, nada melhor do que aproveitá-lo em sua integralidade com boas atitudes, que o ajudarão a viver melhor e com mais equilíbrio.

Como vencer o sedentarismo?

Para auxiliá-lo nesse desafio, vamos apresentar agora quatro dicas que serão bem úteis ao seu dia a dia. Vamos a elas!

Estabeleça metas

Sabe aquela velha e conhecidíssima frase de muitas pessoas que dizem que vão começar uma dieta na segunda-feira, mas sempre repetem o mesmo argumento? Para evitar os perigos do sedentarismo, é preciso estabelecer metas.

A dica é manter o foco com base em situações alcançáveis para não se frustrar. Portanto, se a meta for iniciar uma rotina de caminhadas, projete o dia e faça isso! Não deixe para amanhã o que pode ser feito hoje, ou melhor, agora!

Quem age de acordo com as metas se organiza melhor e obtém resultados práticos, ganhando mais estímulo e motivação.

Encontre uma atividade que você goste

Tudo o que se faz na vida necessita de uma boa dose de prazer. Com as atividades físicas (ou que ajudem você a sair do sedentarismo) não é diferente. Portanto, escolha algo que tenha um significado e seja do seu gosto.

Algumas opções são: ioga, meditação, alongamento, caminhada, corrida, bike, zumba, arte marcial. Considere também fazer um curso, pois você terá que se movimentar, vai conhecer novas pessoas e absorverá mais conhecimentos, ou seja, haverá uma movimentação.

Crie uma rotina

Renato Russo já dizia que disciplina é liberdade. A frase faz muito sentido, pois quem estabelece e segue uma rotina na vida consegue se organizar melhor, aproveitando com mais qualidade o tempo.

Ao criar uma rotina, você não terá motivos para faltar na academia ou na hora destinada à caminhada, pois o tempo escolhido é justamente para ser ocupado com tal atividade. Sendo bem disciplinado, tudo flui adequadamente, afastando os perigos do sedentarismo.

Seja gentil consigo mesmo

Um dos problemas que muita gente enfrenta ao voltar ao sedentarismo é não aproveitar os benefícios de uma vida ativa. Nesse momento, a dica é sempre se presentear com algo prazeroso, como um açaí puro no fim de semana, uma água de coco após o treino ou até uma caminhada em um bosque, ao som dos passarinhos.

Ganhando mais prazer e se sentindo melhor, certamente você vai querer manter a rotina saudável, deixando os perigos do sedentarismo bem longe da sua vida.

E você, entendeu os perigos do sedentarismo? Pois saiba que o foco é muito importante nesse processo. Para ajudar você a atingir suas metas, veja como manter a concentração sempre em dia!