Pênfigo Vulgar: afinal, o que é isso?

O pênfigo é uma doença grave que se manifesta nas camadas superficiais da pele. Um dos tipos mais comuns é o pênfigo vulgar. Sem o correto tratamento médico, esse distúrbio na pele pode levar o paciente a óbito.

Realizar exames regulares e cultivar bons hábitos de vida são prevenções importantes para envelhecer bem e de maneira saudável, principalmente quando sabemos que existem patologias que acometem mais os adultos e idosos, como é o caso do pênfigo vulgar.

Se você não conhece muito bem o pênfigo, acompanhe a leitura deste artigo. Vamos explicar em detalhes como funciona essa doença, os seus principais sintomas e formas de tratamento.

Afinal, o que é pênfigo vulgar?

Os pênfigos são patologias que acometem a pele e se manifestam através de mucosas e lesões extremamente dolorosas. São doenças autoimunes: ocorrem quando os anticorpos do sistema imunológico, que normalmente atacam invasores do organismo, atuam erroneamente contra as proteínas das células epidérmicas (camada superficial da pele).

Essa reação interrompe a união das células da epiderme e provoca a sua separação com as camadas inferiores, formando bolhas e lesões graves.

Os pênfigos acometem principalmente adultos e idosos de ambos os sexos. É raro o aparecimento em crianças. Ainda não se sabe muito bem as causas dessas doenças, mas elas não são contagiosas e parecem estar ligadas a fatores genéticos e imunológicos.

Os tipos mais comuns de pênfigos são o pênfigo vulgar e foliáceo — no Brasil, este segundo tipo também é conhecido como “fogo selvagem”, porque acomete principalmente jovens localizados na área rural.

O pênfigo vulgar é o tipo mais frequente no país e começa a se manifestar no corpo principalmente na região da mucosa oral. No próximo tópico, você vai conhecer exatamente quais são os sintomas do pênfigo vulgar.

Quais são os principais sintomas?

O pênfigo vulgar é caracterizado pelo desenvolvimento de bolhas claras, sensíveis e dolorosas na pele. Às vezes a pele pode se descamar com facilidade. As bolhas aparecem inicialmente na boca em formas de úlceras; elas podem atingir a garganta e dificultar a deglutição de alimentos.

As bolhas se espalham para outras regiões do corpo e podem se romper com facilidade, o que gera erosões na pele em carne viva e o aparecimento de infecções.

Como funcionam os tratamentos?

O diagnóstico médico desse distúrbio é feito por meio da análise das bolhas espalhadas pela pele e por uma biopsia com amostras do tecido lesionado, além de um exame de imunofluorescência.

O tratamento do pênfigo visa reverter a autoagressão do sistema imunológico e realizar a recuperação de pele. Normalmente, são feitas doses de corticosteroides (via intravenosa ou oral), além do uso de antibióticos e compressas para proteger as lesões.

O diagnóstico precoce do pênfigo vulgar é fundamental para inibir a evolução desse distúrbio que pode ser fatal. Portanto, ao verificar a existência de alguns dos sintomas de pênfigo, é importante se dirigir urgentemente ao hospital para iniciar o tratamento correto. Vale lembrar que a automedicação não é a solução adequada, principalmente em casos como este.

Quer mais informações sobre saúde e bem-estar? Assine agora a nossa newsletter e receba as nossas dicas via e-mail. É rápido e fácil!