Previna-se no frio: veja quais são as doenças mais comuns no inverno

O frio chegou com tudo e a queda da temperatura costuma trazer alguns incômodos para a saúde. Porém, algumas medidas simples podem ajudar na prevenção das doenças mais comuns no inverno. 

Por causa do frio, as pessoas se concentram em locais fechados e isso facilita a propagação de vírus e bactérias. Crianças e idosos são os mais propícios a sofrerem problemas no sistema respiratório, mas todos podem ser acometidos por eles.

Neste artigo você vai ver quais são as doenças mais comuns no inverno e como fazer para se proteger, garantindo qualidade de vida também durante o frio. Boa leitura!

 Doenças mais comuns no inverno

Resfriados e gripes

A gripe é uma infecção das vias respiratórias superiores e atingem nariz e garganta. Ela é causada pelo vírus tipo Influenza e provoca febre, coriza, dor de garganta, dores pelo corpo e também podem desencadear tosse para expulsão da secreção.

A doença dura cerca de sete dias e pode ser prevenida por vacinação. A rede pública fornece a vacina a gestantes, idosos, profissionais da área de saúde e educação e pessoas com doenças crônicas. Como o vírus sofre mutações anuais, a tecnologia garante que a vacina esteja de acordo com essas mudanças para prevenção eficiente.

Os resfriados são causados pelos vírus adenovírus, rinovírus e sincicial. Se manifestam de maneira semelhante à gripe, porém de maneira mais branda. Duram cerca de cinco dias.

Não há tratamento contra gripes e resfriados, apenas contra os sintomas.

Rinite alérgica

É uma reação alérgica que atinge a mucosa que reveste o nariz. Provoca coceira na região, espirros, coriza e congestionamento nasal. Pode perdurar durante alguns dias, dependendo do que causou. A reação é desencadeada por alguma substância, podendo ser ácaros, pólen, poeira, pelos de animais.

Trata-se de uma doença crônica, por isso a pessoa sempre vai ter sintomas ao entrar em contato com o alérgeno. Há tratamentos preventivos e quando a crise é desencadeada é necessário entrar com medicamentos anti-histamínicos ou corticoides.

Sinusite

Trata-se de uma inflamação que atinge a mucosa dos seios da face. Essas são estruturas que ficam ao redor do nariz e, por isso, a doença causa secreção nasal e dores de cabeça. Ele é causado por vírus ou bactérias e pode ser agravado após uma gripe ou resfriado.

Em caso de sinusite bacteriana o tratamento usa antibióticos, corticoides e medicamentos para descongestionar as vias respiratórias. Por causa da secreção, a sinusite pode agravar ou desencadear um processo de tosse.

Pneumonia

A doença ocorre quando a infecção atinge os pulmões. É causada por bactérias, vírus e fungos. Os sintomas incluem tosse com secreção amarela ou esverdeada, febre, falta de ar e respiração ofegante.

O tratamento inclui o uso de antibióticos e analgésicos. Na maioria dos pacientes a administração dos medicamentos pode ser feita em casa. No entanto, em alguns quadros é necessária internação para uso de medicação venosa e uso de oxigênio.

Otite

Provocada por vírus ou bactérias que infectam garganta e nariz e migram para o ouvido. Causa dor local, febre e secreção no ouvido. É mais comum em crianças. O tratamento é com analgésico e, se for infecção bacteriana, antibiótico.

Bronquite e bronquiolite

A doença é uma inflamação dos brônquios que dificulta a chegada do ar aos pulmões. Em crianças menores de dois anos é chamada bronquiolite. É necessário medicamento inalatório. O paciente recebe doses de anti-inflamatórios, bronco-dilatadores, corticoide. Em alguns casos usa-se antibiótico.

Formas de prevenção

Para evitar a proliferação de micro-organismos nocivos à saúde evite ficar em locais de grande aglomeração. Sempre que possível, abra as janelas e deixe que o ar circule no ambiente. A higiene é um ponto fundamental para evitar a contaminação. Por isso, lave as mãos com frequência e use lenços ao tossir ou espirrar.

Uma dica importante é que você esteja sempre hidratado. Por isso, consuma pelo menos dois litros de água por dia. A alimentação balanceada e rica em vitaminas ajuda a fortalecer o sistema imunológico. Capriche na escolha dos alimentos.

Seguindo essas dicas fica mais fácil driblar as doenças mais comuns no inverno. Agora que você já sabe o que fazer, aproveite para compartilhar as informações com seus amigos pelas redes sociais.